Notícias
Remo e VEC no Mangueirão pode não acontecer
Série D
24.08.2015 - 23:31 - Pará

A partida do dia 13 de setembro entre Remo e Vilhena-RO, o último jogo da primeira fase da Série D, corre o sério risco de não acontecer.

O jogo que marca o reencontro do Remo com a sua torcida após o jejum de quatro rodadas na competição nacional sem jogar em Belém está ameaçada por conta da situação financeira do adversário.

O presidente do VEC, José Carlos Dalanhol, em entrevista ao portal Cone Sul Ao Vivo, declarou que a condição financeira do clube está quase insustentável e que as atividades da equipe estariam temporariamente paralisadas.

Dalanhol afirmou que a realização de um torneio de pesca, que buscava angariar recursos para a manutenção do Vilhena na Série D , trouxe ainda mais prejuízos. “Se aparecer qualquer empresário que queira assumir o VEC, fique à vontade, pois o time não é meu e sim da sociedade”.

O dirigente do clube rondoniense não confirmou que já exista um documento pronto para ser enviado à CBF comunicando a desistência, mas que o risco de sair da competição é real.

Impedido de fazer contratações, o Vilhena-RO foi denunciado pela Federação Nacional dos Atletas por conta dos atrasos salariais de atletas e funcionários.

O regulamento de competições da CBF diz que caso uma equipe desista de qualquer certame, o adversário será declarado vencedor por WO com o placar de 3 a 0.

O Vilhena-RO está na terceira colocação do grupo A1 com 5 pontos. Antes de enfrentar o Remo, a equipe do técnico Marcos Birigui joga contra o Náutico-RR fora de casa.

Foto: Mário Quadros/Diário do Pará
Fonte: Ronald Sales/DOL
 


© Copyright 2004 - 2021 / Todos os direitos reservados ao Futebol do Norte