Notícias
Sem ‘lenços e documentos’, Nacional segue contra pressão
Copa SP
30.12.2012 - 17:41 - Amazonas

A participação do Nacional na 44ª Copa São Paulo de Futebol Júnior, a partir de 6 de janeiro de 2013, pode ser resumida em números antes da estreia do Leão da Vila diante do anfitrião Grêmio Osasco (SP), no Estádio Prefeito José Liberatti, em Osasco, cidade-sede do Grupo W.

Pela primeira vez após sete anos consecutivos de disputas da Copinha, dúvidas sobre a participação do maior campeão das categorias de base do Amazonense - 11 títulos só no Juvenil (Sub-18) e Infantil (Sub-15) - foram levantadas.

Na última sexta-feira, a diretoria do Naça ainda corria atrás de passagens aéreas para levar o maior número possível de integrantes na delegação. De 23 jogadores e cinco membros da comissão técnica previstos de embarcar até segunda-feira (31), apenas 22 de 28 membros tinham voo assegurado, segundo o técnico Darlan Barroso.

Até informações desencontradas eram repassadas entre assessoria do clube, por meio do site oficial do Nacional (www.nacionalfc.com.br), e o treinador. A primeira confirmava viagem para a véspera do Réveillon e o segundo dizia que o desembarque em Osasco seria somente no dia 4 de janeiro, dois dias antes do primeiro jogo do Leão.

Diante de tanto impasse sobre quantos jogadores poderá contar na Copa, Barroso adotou a estratégia do ‘esconde-esconde’ para evitar que os problemas extras-campos desestabilizassem o grupo, concentrado nos treinos há quatro meses.

Uma campanha vexatória acompanhada da sina da eliminação na primeira fase poderia causar mal-estar em plena comemoração do centenário do Nacional.

O clube completa 100 anos no dia 13 de janeiro, justamente, um dia depois do último jogo da equipe na fase de grupos, contra o Paulista (SP). “Nenhum jogador sabe sobre a situação real e evito qualquer comentário”, garantiu Barroso, que pelo segundo ano consecutivo liderará o Naça na Copinha.

Mescla do time campeão do Estadual Juvenil, pelo Nacional, e vencedor do Juniores, pelo Tarumã, com todos os jogadores emprestados pelo próprio Leão da Vila, a equipe de estreia da Copa São Paulo está definida.

Para encarar o Grêmio Osasco, a equipe nacionalina está escalada no esquema tático 3-5-2 com: Filho; Dunga, Guigui e Douglas; Jamerson, Elkson, Yan, Maicon e Júnior; Kayck e Weverton.

Do grupo titular da Copinha de 2012, apenas quatro alterações foram realizadas. As principais novidades são o meia Yan, amazonense formado nas categorias de base do Naça e que regressa ao clube após duas campanhas na Copa pelo Inter de Limeira (SP); o atacante Weverton, que perdeu a edição deste ano devido uma contusão, e o polivalente Douglas, volante de origem improvisado no trio de zaga.

Este último foi transferido do Rio Negro a exemplo do meia Maicon, 19, que joga na mesma posição do tio veterano Vidinha, antiga cria do São Raimundo.

Além dos novatos, os mais experientes são as apostas do técnico Darlan Barroso por uma campanha diferente do início deste ano, quando o Nacional foi eliminado na etapa inicial na lanterna da chave com duas derrotas e uma vitória. Dos 23 jogadores, 16 disputaram a última edição. Mas apenas o meia Júnior e o atacante Weverton têm duas Copinhas no currículo.

Fonte: Diário do Amazonas
 


© Copyright 2004 - 2020 / Todos os direitos reservados ao Futebol do Norte